segunda-feira, 19 de julho de 2010

Uma família...sete pecados capitais

Essa semana foi o aniversário de 50 anos do meu pai. Como não é todo dia que se comemora meio século de vida, achamos por bem fazermos uma daquelas bem conhecidas festas de família, onde convidamos todos os irmãos, tios, primos, sobrinhos, vizinhos, amigos, gatos, cachorros e periquitos...

Festa bem animada, com a presença ilustre do meu pai e seus 6 irmãos. Minha avó era uma daquelas católicas fervorosas, que achavam que tinha que aceitar todos os filhos que Deus mandava de presente. Pariu 7, sem dó nem piedade. Até que ela segurou bem as pontas, se considerar que o pai dela, com duas esposas, espalhou 29 pelo mundo...

Cada um com características que lhe são bem particulares. Tão particulares que durante a festa, conversa vai e conversa vem, observando cada um deles eu fui obrigada a largar:

- Cara, minha avó pariu os 7 pecados capitais!!!!!

Meu pai disse:

- Que? Como assim???

Eu comecei:

- Filho número 1: muito trabalhador e bom pai de família. Mas, depois que se aposentou, só quer saber do sítio. Sempre que perguntamos como vai a vida ele responde: “uma beleza, acordei hoje com canto de passarinho”. A PREGUIÇA.

- Filha número 2: Doce de pessoa, a menos que seja provocada. Como diz o genro dela: “as coisas estão sempre tranqüilas, chega a sogra e deixa todo mundo louco, é um griteiro, uma brigaçada que Deus-me-livre-guarde”. Quando está brava, estrala os olhos azuis de uma forma que a gente poderia preferir que o capeta estivesse ali na nossa frente ao invés dela. A IRA.

- Filha número 3: Uma mãezona. Gosta muito de se arrumar, já trocou de cabelo algumas vezes na vida. A VAIDADE.

- Filho número 4: O apelido do homem é “bolinha”. Uma vez, na festinha de um ano de uma das sobrinhas se escondeu na cozinha e acabou com a panela de molho de cachorro quente. Comeu tanto que acabou “chamando o Hugo” e adubando todo o jardim da festa. A GULA.

- Filho número 5: O solteiro mais cobiçado da cidade. Uma lábia com a mulherada que até quem convive com ele se apavora. Chuta uma moita, sai 10 mulheres atrás do homem. A LUXÚRIA.

- Filho número 6: Até pouco tempo atrás, a mulher que estava com ele não era necessariamente a que ele queria. Tanto que casou 6 vezes.  A COBIÇA

- Filho número 7: Conhecido por frases do tipo “primeiro a gente junta dinheiro, depois a gente compra”; “se fizer assim e assado, sai mais barato toda a vida”; “pra que gastar com isso” e “não precisa comprar pipoca no cinema. Pipoca aqui é muito cara”. Quem é, quem é, quem é? A AVAREZA.

Todos que estavam ouvindo a história adoraram!! O negócio foi se espalhando de um jeito, que em menos de meia hora eu estava indo de rodinha em rodinha para “identificar” cada um dos pecados.

Passado aquele furor todo, fiquei pensando...se eu fosse um pecado capital, quem seria eu??? Como sou muito dorminhoca, e deixo tudo que é serviço doméstico para a hora que o caos se instala na casa, pensei: a preguiça, né?

Vim saltitando mais faceira do que lambari na sanga para a minha irmã e perguntei:

- Se eu fosse um pecado capital, quem eu seria??

Ela, sem pestanejar:

- A GULA!!!

Filha-da-mãe...

3 comentários:

Lu CY disse...

Ai, ai, ai!
Morro de rir com você!
Nunca pensei em olhar minha família por esse ângulo! Nem a mim mesma...
Você me deu ideias... Unm-hum!

ROSA & MARI disse...

Sensacional!!!
Bjs

Catarina disse...

Nunca analisei a minha família, mas eu spu a gula e preguiça encarnadas :)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails