sexta-feira, 12 de março de 2010

Casamento engorda...

Tá, que bela novidade, dessa ninguém sabia...claro que casamento engorda! Ou vai dizer pra mim que programa de casal é praticar corrida ou ir para a balada no sábado de noite e se acabar de dançar? Óbvio que não...é filmezinho com pipoca, um restaurante novo, uma lasanha para comemorar, uma caixinha de bombons de presente, a receitinha nova que ela aprendeu para fazer aquele agrado...e a dieta fica onde em uma hora dessas? Guardada em cima do roupeiro, e que de preferência não te atente para a realidade!


Tinha um conhecido meu que dizia...”mulher na hora de comer tem que ser parceira. Que nojo que dá quando a gente leva uma mulher para comer um xis e ela acaba pedindo uma torrada simples com água mineral, e depois fica reclamando que tá estufada”. Concordo em parte, porque eu tenho pavor de gente que fica fazendo onda pra comer (deve ser por ser o exato contrário que eu to desse tamanho...melhor rever meus conceitos). Só que tem um detalhe, que foge a muitos casais, e que é um fator determinante na hora de ver porque é a mulher quem engorda primeiro, é que o fato de que o homem não só pode, como PRECISA comer mais do que a mulher (desgraçados).

Aí, acompanha ele naquele sandubinha fora de hora todos os dias pra você ver onde vai parar...provavelmente rolando, ou sentada na praia de maiô, com vontade de morder a orelha das mulheres que passam em biquínis minúsculos na sua frente.

Eu não reclamo sabe? Mil vezes um homem que te faz aquele agradinho com um docinho ou que prepara aquela macarronada que é receita de família, do que aquele que fica falando em suplementos alimentares, em cargas para o bíceps, o tríceps, e outros “íceps”. Ninguém merece né? Quem é que vai querer um homem que só vai te valorizar quando você estiver em forma?

O problema é quando o aumento de peso começa a influenciar negativamente no casamento. Porque, minha filha, nem toda gordinha tá se sentindo legal ali dentro (desculpe à todos que escrevem sobre a importância de auto-estima, mas temos que concordar que isso acontece)! Sei de muita mulher por aí que nem deixa mais o marido dela ver ela sem roupa com a luz acesa. Eu mesma tive a minha fase que não deixava meu marido tocar na minha barriga “nem a pau, tá maluco?”. E agora, o que fazer? Colocar ele a engordar junto, pra ninguém poder cobrar nada? Colocar ele na dieta junto com você? Nunca ter engordado? A resposta varia para cada um, o que tem que fazer mesmo é pesar até onde aquela dobrinha a mais está influenciando na sua vida.

Por mais que muitos médicos insistam na questão da saúde, acho que quando uma mulher engorda é o psicológico que fica muito mais abalado do que o corpo. A sociedade cobra que estejamos sempre nos trinques, mesmo quando a louça está na pia, o filho está com a fralda suja e quando estamos em projetos que envolvem muito mais do que alguns quilos, como a carreira, por exemplo. Isso sem contar que essa mesma sociedade é muito mais cruel com a mulher que engorda depois do casamento do que com o homem, quase como se o homem estivesse apenas cumprindo uma parte do seu ciclo de vida. Mas mulher não, nem pensar, é quase tão grave quando se deixar virar um maracujá de gaveta!

Tem homem por aí que antes implorava para a mulher comer...e hoje tá ajoelhado, pensando no que fazer para ela parar de comer!

Ah, quer saber? Todo avião tem pneu, tá?

2 comentários:

Verena disse...

Dá uma raiva de gente que fala isso. Sou a unica obesa em uma sala com 40 meninas super magras e siliconadas... Afinal faço nutrição XP
Chega no intervalo da aula ai eu corro pra minha barinha de cereal e pro iogurte natural e todas elas comenda aquela coxinha enorme de cantina todo gordurenta e um cokinha.... Mas me dá uma raiva fora no normal... ÒDIOOOOOO

Apesar disso estou contente com a minha dieta, já perdi 4 quilos em 2 semana, ainda tem mais 40, mas vamos que vamos... Esse negocio de remédio só serve pra deixar a gente mal da saúde, endocrino está pouco preocupado para você só sabe passar remédio, o negócio é ir no nutricionista e tem que fazer o acompanhamento semanal pq quando vc perde o animo você recebe outra dose de auto-estima e continua o processo.

Boa sorte DAni.

Elisabete disse...

Danielei, ride mais com esse seu post maravilhoso. Não me enquadro oporque sempre fui gordinha, toda minha vida, mas como nunca tive muito complexo e o amor chegou mmo assim, assim continuo e pior que tudo é que adoro comer e fazer comida. Sem outro jeito até o maridão engordou um pouco (culpa de ter largado o cigarro digo eu), mas também culpa do que vou fazendo aqui por casa.
Beijos.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails