sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Meu “juelhuuuuuu....”


Sempre tem um para cortar os embalos do gordinho...e dessa vez quem fez isso foi o meu joelho, o meu próprio joelho, que eu sempre tratei com tanto carinho, passando creminho, esfoliando e depilando...e como é que ele me agradece? Estourando! E foi como? Tentando emagrecer fazendo ginástica!

No dia que eu fui na endocrinologista, ela já tinha me alertado sobre o fato de que, ao contrário do que muita gente pensa, o jump machuca o joelho sim, muito mais do que se imagina e muito mais do que outras modalidades. Que talvez até emagrecer um pouco mais, eu poderia sentir eles um pouco doloridos e que eu teria que prestar a atenção nisso. Pareceu até praga! No dia seguinte, eu lá fazendo o meu jump e começou a me dar aquela dorzinha chata no joelho direito. Dei aquela paradinha, alonguei a perna, dei uma mexedinha para frente e para trás, um girinho com a perna e voltei para a atividade, afinal de contas o dia anterior havia sido aniversário da minha irmã e eu me afundei nos salgadinhos maravilhosos que a vizinha dela faz e na torta fabulosa de morango com nata que a outra vizinha faz (ela mora mal pra caramba, coitadinha...). No final da aula, quando meu marido foi me buscar, me queixei de uma dorzinha no joelho, que poderia ter me machucado. No final do dia...gente amiga...meu joelho estava virado em um tomate: vermelho e polpudo. Em menos de duas horas eu já estava naquele passinho “tá fundo, tá raso”, mancando mais do que veterano de guerra farroupilha.

Pensei que ia passar rápido, que alguns dias de gelo fariam tudo passar. Mas o passinho “tá fundo, tá raso” não passava, o negócio não dava jeito. Não tive outra opção, senão ir em um médico. Cheguei na clínica, com aquele monte de gente arrebentada sentada nos sofazinhos e aguardando ser atendido. Um menininho estava lá com o braço recém engessado e com aquela cara de que tinha segurado o que deu para não chorar enquanto estavam colocando a tala. Deu até pena, pobrezinho. Mas, como toda boa clínica que preze, tem que ter a sua atendente mal-amada, comigo não foi diferente. E essa que trabalhava lá, meu Deus do céu, acho que quando ela chupa limão, é o limão que faz cara feia. Ela jogou um número de senha na minha mão e pediu que eu aguardasse. Eu, na minha santa ignorância, pensei que a ficha fosse para que o médico me chamasse para a consulta. Foi quando me ocorreu, tipo, uns 5 minutos depois: “mas peraí, eu não tenho que preencher uma fichinha?”. Levantei mancando, cheguei no balcão e perguntei se eu não tinha que preencher nada. A resposta? “Quando eu chamar a tua ficha, tu vem aqui e a gente preenche uma ficha com teus dados”. Crrruuuuuzeeees! Ah tá, desculpa eu ter nascido, é que meus pais tinham bebido muito naquela noite e eu não tive como me segurar para não ser concebida! Mas tudo bem, fazer o que, né? Era agüentar a bela cara ou ficar com o joelho doendo. E detalhe: faltava apenas um número para que ela me chamasse. Me sentei e juro por Deus, não demorou nem dois minutos para ela chamar minha ficha. Levantei, dei aquela risadinha irônica e amarelada, como quem diz “você me chamooou” e preenchi a fichinha. Vinte minutos depois, lá estava eu consultando o médico.

O médico perguntou o que houve, eu disse que havia machucado o joelho no jump.
-Qual a sua idade?
- 23
- Quantos quilos você pesa?

Pronto, acenderam os alarmes dentro da minha cabeça. As pulgas atrás da minha orelha começaram a me morder com uma velocidade que Usain Bolt se trancaria em um quarto escuro de vergonha. Eu sabia o que estava vindo...são 23 anos de experiência nessas frases...

- No momento estou com 82kg, doutor.
- É isso, jump não é indicado para quem tem sobrepeso.

EU SABIA! Valeeeeeeuuuuuuu Doutor! Nem tinha me examinado ainda e já tinha me chamado de gorda. Sério gente, qual é o problema com esses médicos? Será que pra eles a palavra obesidade é apenas mais um termo técnico ou eles gostam de ver a nossa cara de melancia quente quando eles falam esse tipo de coisa? O médico ficou me olhando com aquela cara de "o que eu disse" e a única coisa que eu pensava era como eu podia fazer alguma coisa com ele e fazer com que parecesse acidente...

Engoli em seco, afinal de contas eu não podia negar que ele poderia estar falando a verdade. O diagnóstico? Lesão na cartilagem, anti-inflamatórios, molho com gelo por 10 dias e troca de atividade física, “uma que não sobrecarregue tanto os teus joelhos”. Vou ter que apelar para a caminhada nojenta, que não queima tanto quanto eu gostaria. Mas vai ter que ser, fazer o que...

Sei que a gente tem tanta dificuldade para encontrar uma atividade física que goste, já que não faz parte do seleto grupo que só quer saber de esportes, e o corpo da gente entra em uma defensiva tamanha que acaba parando a gente na marra. Valeu, “joelhito”, eu te pego na saída, tá?

6 comentários:

Vivi disse...

Dani é a Fran, tb conhecida como Vivi (não me pergunte pq, ~coleguias de aula..) vim agradecer a sua visitinha e dizer q adoro muito ler o q vc escreve... nossa se vc não anda muito inspirada imagina quando esta!! Melhoras com o joelho... bjos

Lourdes Sabioni disse...

Filha você não é gorda! 82 kg é só sobrepeso...não sei sua altura mas calculo você fofinha e se for fofinha equilibrada e não centralizada, tá ótima! Eu e meu marido adoramos as gravuras das fofinhas do seu blog!
Eu tenho 1,56m para 65kg no momento e meu marido diz que se eu emagrecer ele me mata. Até os 40 sempre tive entre 49 e 52 kg e depois disparou...mas ficou distribuido pelo corpo todo então quando falo que to gorda o povo quer me matar! Acho que fica pior quando concentra só na parte de cima ou só na parte de baixo, aí fica feio! Distribuidamente, ficamos gostosas!
Parabéns pela coragem de fazer Jump, eu nem na acdemia piso! Mas se o doutor mandou parar, pare! Joelho é coisa séria!
Mil beijos e ótimo findi!

Joana Arede Neves Cotovio disse...

cai para o lado de tanto rir ehehehe

Carmine disse...

Que horror,amigaaa!!!!
Acho que por enquanto vc deve fazer algo com baixo impacto,tipo hidroginástica...
Ferrugem é f***,né amiga?kkkkk
Bjs,melhoras!

welze disse...

olá menina. Espero que o joelho melhore logo. Não sei muito de você ainda, mas já pensou em hidroginástica, pelo menos até o joelhito melhorar. as vezes quebra um galhão. Se não gosta de hidro, delete o palpite e sejamos amigas para sempre. bom fim d semana.

»¤Þ䵣䤫 disse...

Oh Dani deixa esse negocio de jump pra lá amiga! Adorei a idéia da Welze de hidroginástica! E eu como a Lu amo essas fofinhas no seu blog! Bjokas amore!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails